Cerco de Jadotville

Cerco de Jadotville

Filme Netflix
Assista agora
8.8

Ótimo

8.8

Média do usuário

Uma força de manutenção da paz da ONU é enviada para a pacata cidade africana de Jadotville. A unidade irlandesa acredita que evitar as queimaduras solares será a parte mais difícil de sua missão. No entanto, os 3000 mercenários endurecidos pela batalha prontos para atacar a cidade têm outras ideias - O Cerco de Jadotville é a história verídica dos soldados irlandeses que defenderam a cidade africana do ataque em 1961.

O ano é 1961 e o continente africano é assolado por lutas de poder entre as potências coloniais europeias e os movimentos de independência. A ONU está lutando para manter as facções separadas no país centro-africano do Congo. Soldados irlandeses de paz são enviados a Jadotville, na província de Katanga, para proteger a cidade mineira. A força está levemente armada e não tem experiência de combate, a unidade é liderada pelo Comandante Patrick (Pat) Quinlan interpretado por Jamie Dornan (Cinquenta Tons de Cinza), os soldados desconhecem as lutas pelo poder que acontecem a milhares de quilômetros de distância, que em breve forçará eles em uma defesa desesperada da cidade contra todas as adversidades.

O filme começa com o caos político que se desenrola no Congo, de volta à Irlanda, o destacamento de soldados irlandeses se prepara para seu primeiro posto no exterior. Os soldados da paz chegam a Jadotville no momento em que a situação política piora. A ONU é vista por alguns congoleses como uma intromissão nos assuntos do país. Isso desencadeia uma série de eventos que levam ao destacamento de Jadotville de 150 soldados da paz sendo atacados por uma força de 3000 milícias congolesas apoiadas por mercenários.

Experimente a Apple TV

Em muitos aspectos, Siege Of Jadotville parece o filme Zulu de 1964, você tem uma posição levemente defendida resistindo a todas as probabilidades. No que diz respeito aos filmes de guerra, isso não é ruim, Zulu é um filme muito bom. The Siege Of Jadotville também é muito bom. As cenas de ação são dramáticas sem exagerar, a atuação de Jamie Dornan e do resto do elenco fica por conta do roteiro. Embora eu deva dizer que minha figura do Action Man apresentou falas mais convincentes do que Guillaume Canet, que interpreta o mercenário francês liderando o ataque contra os soldados irlandeses.


Por todas as contas, o filme é historicamente preciso. Incluindo as cenas dramáticas em que os soldados da ONU são atacados de cima por um caça a jato. O que aconteceu durante o cerco de cinco dias é uma batalha pouco conhecida na história, mas a história do heroísmo dos Peacekeepers irlandeses foi perfeitamente capturada neste filme do diretor Richie Smyth.

bom

  • True Story
  • Ação Dramática
  • Historicamente preciso

Mau

  • A política é confusa
8.8

Ótimo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar tese HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>