O Post

O Post

Amazon Filme
Veja agora
9

Surpreendente

Baseado em uma história real, The Post segue a primeira editora de jornal do país e sua editora enquanto expõem um encobrimento de quatro presidentes dos Estados Unidos.

O Post é um filme de drama histórico lançado em 2017. Dirigido por Steven Spielberg, o filme se concentra nos eventos da vida real em torno da publicação dos Documentos do Pentágono no início dos anos 1970.

Ele apresenta um elenco que vê Meryl Streep e Tom Hanks se unindo em outro grande vencedor do Oscar.

O filme gira em torno do The Washington Post, um jornal dirigido por sua editora, Katharine Graham (interpretada por Meryl Streep), e seu editor-chefe, Ben Bradlee (interpretado por Tom Hanks), enquanto grandes perguntas eram feitas sobre o Vietnã. Guerra.


Foi um grande filme de bilheteria, gerando quase US$ 200 milhões em seu orçamento de US$ 50 milhões, e os fãs adoraram a tensa narrativa política.

Mas do que se trata o filme e vale a pena assistir?

Sobre o que é o filme Post?

Situado no início dos anos 1970, O Post gira em torno da publicação dos Documentos do Pentágono, documentos classificados que expuseram décadas de fraude e má conduta do governo dos Estados Unidos durante a Guerra do Vietnã.

A história se concentra principalmente no The Washington Post, um importante jornal liderado por sua editora, Katharine Graham (Meryl Streep), e seu determinado editor-chefe, Ben Bradlee (Tom Hanks). No centro da narrativa está a decisão crucial enfrentada pelo The Washington Post quando eles se apoderam dos papéis classificados do Pentágono.

O filme começa com Daniel Ellsberg, um analista militar, vazando os Documentos do Pentágono para o The New York Times, que posteriormente começa a publicar artigos baseados nos documentos.

No entanto, o governo, sob o presidente Nixon, obtém uma liminar judicial para interromper a publicação das informações classificadas. Isso leva Ellsberg a abordar o The Washington Post com os documentos.

Katharine Graham, a primeira editora feminina de um grande jornal americano, e Ben Bradlee, um editor experiente e implacável, enfrentam um momento crítico.

Eles devem escolher entre desafiar os esforços do governo para suprimir a verdade e publicar os Documentos do Pentágono, ou cumprir as restrições legais e potencialmente perder a oportunidade de expor a má conduta do governo.

Graham, que inicialmente duvida de sua capacidade de liderar o jornal, passa por uma transformação pessoal ao perceber a imensa responsabilidade e o impacto da decisão.

Com o apoio de Bradlee e da redação, eles decidem contestar a tentativa do governo de sufocar a liberdade de imprensa e proceder à publicação dos jornais.

Enquanto o Washington Post prepara os Documentos do Pentágono para publicação, eles enfrentam obstáculos significativos. Eles devem enfrentar a possibilidade de repercussões legais, ruína financeira e danos à reputação do jornal.

Enquanto isso, a equipe corre contra o tempo para verificar a veracidade dos documentos vazados e proteger suas fontes.

O trailer oficial do post

Vale a pena assistir o Post?

Este é um filme emocionante baseado no ambiente intenso da redação, nos esforços colaborativos dos jornalistas e no trabalho meticuloso envolvido na reportagem investigativa.

Ele também explora a complexa relação entre a imprensa e o governo e até onde os que estão no poder irão para suprimir informações que desafiem suas ações.

É um lembrete pungente e oportuno da importância crítica de uma imprensa livre em uma sociedade democrática e mostra a bravura e a dedicação de jornalistas que arriscaram tudo para descobrir a verdade e lançar luz sobre os segredos e má conduta do governo.

O Post possui um excelente elenco liderado pelos incomparáveis ​​Meryl Streep e Tom Hanks. A interpretação de Streep de Katharine Graham, a determinada editora do The Washington Post, é magistral, o que lhe rendeu uma indicação ao Oscar.

Hanks oferece uma atuação cativante como o implacável editor Ben Bradlee. A química entre os membros do elenco aumenta a intensidade e a autenticidade do filme, atraindo o público para a história.

O diretor Steven Spielberg demonstra sua proeza, e sua capacidade de criar tensão e capturar a profundidade emocional dos personagens é evidente ao longo do filme.

A narrativa hábil de Spielberg mantém o público envolvido, equilibrando as jornadas pessoais dos personagens com as implicações sociais e políticas mais amplas de suas ações.

Sua atenção aos detalhes e capacidade de recriar a década de 1970 aumentam ainda mais a autenticidade e a experiência imersiva do filme.

É um filme genuinamente fantástico, mas o ritmo é desigual em algumas partes. Embora crie tensão de forma eficaz em certas cenas, houve momentos em que o ritmo parecia mais lento, levando a uma ligeira perda de impulso.

E teria sido bom ver mais personagens coadjuvantes na redação. Suas histórias e perspectivas individuais poderiam ter sido exploradas com mais profundidade para adicionar mais camadas e profundidade.

Mas, honestamente, são pontos muito menores no que é, no geral, um filme muito poderoso.

O filme Post é baseado em uma história real?

Sim, O Post é baseado em uma história real. O filme retrata os eventos da vida real em torno da publicação dos Documentos do Pentágono no início dos anos 1970.

Os Documentos do Pentágono foram um estudo secreto do governo que expôs um padrão de fraude e má conduta por parte de vários governos dos Estados Unidos durante a Guerra do Vietnã. Eles vazaram para o The New York Times pelo analista militar Daniel Ellsberg e revelaram informações sobre o envolvimento do governo na guerra que foram mantidas ocultas do público.

Embora alguns aspectos do emocionante filme possam ser ficcionalizados para fins dramáticos, os eventos centrais e o contexto mais amplo dos Documentos do Pentágono são baseados em eventos históricos reais.

O elenco do post

Meryl Streep (Mamma Mia) como Kay Graham, a editora do jornal The Washington Post.

Tom Hanks como Ben Bradlee, o determinado e implacável editor-chefe do The Washington Post. Bradlee é fundamental para pressionar pela publicação dos Documentos.

Bob odenkirk (Ninguém) como Ben Bagdikian, um jornalista investigativo do The Washington Post. Bagdikian desempenha um papel fundamental na obtenção de uma cópia do estudo, arriscando sua carreira e liberdade no processo.

Bruce Greenwood como Robert McNamara, ex-Secretário de Defesa dos Estados Unidos. O envolvimento de McNamara na Guerra do Vietnã e o encobrimento e decepção do governo, conforme revelado em os papéis do Pentágono, acrescenta à narrativa do filme.

Sarah Paulson (Execute) como Tony Bradlee, a esposa de Ben Bradlee. Embora seja um personagem coadjuvante, Tony fornece apoio emocional e percepção a Ben.

Tracy Letts como Fritz Beebe, advogado e conselheiro próximo de Katharine Graham.

Bradley Whitford como Arthur Parsons, membro do conselho do The Washington Post que questiona os riscos financeiros e legais potenciais da publicação dos Documentos do Pentágono.

Alison brie como Lally Weymouth, filha de Katharine Graham.

Prepare-se para entretenimento ininterrupto com acesso a milhares de filmes e programas de TV populares, incluindo Amazon Originals premiados. Além disso, aproveite a conveniência da entrega GRATUITA em um dia para milhões de itens. Com a capacidade de assistir em qualquer lugar e cancelar a qualquer momento, você nunca terá que se preocupar em ficar preso. Então, por que esperar? – Subscrever

Teste gratuito de 30 dias disponível.

Bom

  • Steven Spielberg
  • História poderosa
  • Tom Hanks
  • Meryl Streep

Mau

  • Personagens de apoio precisavam de mais desenvolvimento
9

Surpreendente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar tese HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>